(11) 4645 - 0304
(11) 4645 - 1208

Escavação de túnel de 2,2 km em antiga pedreira é concluída em São Paulo

O consórcio SPMar, formado pelas empresas Contern Construções e Comércio Ltda e Cibe Investimentos e Participações S.A., finalizou na última semana a escavação do túnel Santa Luzia, que integra a construção do Trecho Leste do Rodoanel de São Paulo. Ao todo, 2.160 metros de túnel foram escavados na antiga Pedreira Santa Clara, em Ribeirão Pires, na altura do km 96,5 do futuro trecho. A decisão de construir um túnel na área da pedreira permitiu o desvio do trecho Leste do parque da Gruta Santa Luzia e a redução de desmatamento em área de 200 mil m².

Prestes a completar 15 meses, as obras do túnel já atingiram 85% de conclusão. Na próxima etapa, serão realizados acabamento com concreto projetado nas paredes, término da escavação do rebaixo do túnel, aterro sobre os túneis falsos, drenagens, pavimentações das pistas, instalação dos sistemas de iluminação, ventilação, de segurança e comunicação.

A escavação do túnel foi realizada pelo método New Austrian Tunneling Method (NATM). Segundo o Consórcio, "por meio da aplicação imediata de tratamentos e revestimentos primários, a metodologia promove a estabilidade dos maciços rochosos em escavação, garantindo maior produtividade nas frentes de trabalho em decorrência da agilidade nos níveis de segurança para as escavações em curso".

Cerca de 550 pessoas trabalharam na escavação do túnel. Primeiro, foi realizada a marcação topográfica nos furos do plano de fogo para escavação, o que possibilitou a execução da perfuração da rocha, com a utilização do método construtivo Drill & Blast (perfurar e detonar, em tradução livre do inglês). Esses furos foram, a seguir, carregados com explosivos e detonados. Após a dissipação dos gases e ventilação do túnel, começou a limpeza da frente de serviço, com o transporte da rocha detonada para fora do túnel.

Uma vez retirada a rocha, foi feito abatimento de choco, que consiste do rompimento dos fragmentos de rocha remanescentes, evitando a possibilidade de queda. A partir de então, foi realizado o tratamento das escavações através de concreto projetado e atirantamento de blocos rochosos.

Para escavação do trecho, foram utilizados equipamentos como o jumbo de perfuração de rocha, perfuratriz de avanço automático (martelo de coluna), escavadeiras, pás carregadeiras de pneus, rompedores hidráulicos, caminhões basculantes e fora de estrada. O consórcio também lançou mão de bomba com mangote ou robô de concreto projetado, manipulador telescópico, geradores e compressores de ar durante o processo.

Ao todo, foram retiradas um milhão de toneladas de resíduos. O material resultante das escavações e detonações está sendo reutilizado na construção da base dos pavimentos asfáltico e de concreto.

Com 1.800 m de extensão e três faixas de rolagem, o túnel tem previsão de conclusão para setembro ainda deste ano.

As obras De acordo com a concessionária SPMar, responsável pela construção do Rodoanel Leste, as obras seguem de acordo com o previsto no cronograma. Ao todo, 81% das desapropriações já foram realizadas, assim como 33% das terraplanagens e quase 30% do encontro leve estruturado. Com 43,8 km de extensão, o trecho contou com investimento total de R$ 3,2 bilhões.

O Rodoanel Leste, que vai passar pelos municípios de Arujá, Itaquaquecetuba, Mauá, Poá, Ribeirão Pires e Suzano, será interligado aos trechos Sul e futuro trecho Norte do anel rodoviário. A estimativa é que no primeiro semestre de 2014, todo o conjunto seja entregue.

Fonte:http://www.piniweb.com.br/construcao/infra-estrutura/escavacao-de-tunel-de-22-km-em-antiga-pedreira-e-279337-1.asp

Veja as imagens


Todos os direitos reservados - Mineradora Ponte Alta Ltda. Desenvolvido por Diego S. Santos